Coisas simples e intensas
 

Consumismo

 

Vivemos em uma sociedade cada vez mais voltada para o consumismo desenfreado, onde a cada dia a mídia vem influenciar nossas vidas, tentando inserir em nossos anseios objetos de desejo cada vez mais modernos e inovadores, seja uma nova tendência da moda para a próxima estação, um celular que concentre várias funções ou um novo carro com os mais diversos aparatos tecnológicos. Conforto é bom, ninguém nega, todos querem, desejamos morar em uma casa aconchegante, com os mais variados tipos de eletrodomésticos para facilitar os afazeres do lar, queremos também toda sorte de eletroeletrônicos para nos servir nas horas de lazer. Mas, será que realmente precisamos de toda essa diversidade de bens de consumo para conseguir satisfação pessoal? Será que realmente usamos tudo o que adquirimos ou algumas coisas compramos pelo simples desejo de possuí-las? Deveríamos, antes de qualquer aquisição, refletir se realmente aquele bem se faz necessário ou se é simplesmente algo que vai suprir uma vontade momentânea. Dessa forma, evitaríamos abarrotar ambientes com objetos de pouca utilidade para nós, além de deixar de gastar dinheiro com coisas supérfluas. Consideremos, ainda, que o que é necessário para uns talvez seja totalmente dispensável para outros.

 

Daniel A. S.

 



Escrito por Daniel A. S. às 17h44
[] [envie esta mensagem] []


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 

HISTÓRICO



OUTROS SITES
 Visão contraria
 Prosopopeiando
 Avestruz Albino


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!