Coisas simples e intensas
 

Insegurança

 

            De tempos em tempos precisamos promover mudanças em nossas vidas, buscando evoluir em algum aspecto, seja no campo profissional, tentando progredir em nossa carreira, ou no pessoal, como tornar um relacionamento mais sério, ou algo como mudar de cidade, começar do zero, o que acaba interferindo nos outros fatores mencionados.

No âmbito profissional, volta e meia somos tomados por certa inquietude, pois conhecedores que somos de nossas capacidades, temos certeza de que podemos contribuir para o melhor funcionamento dos serviços, mas desejamos ser melhor remunerados por isso. Quando percebemos que falta interesse dos que podem concretizar esse anseio, começamos a questionar se algum outro empregador não estaria mais disposto a nos pagar mais pelo que somos capazes de fazer. Aí vem a vontade de mudar de emprego, e quando essa oportunidade surge, nos faz pensar se realmente vale a pena deixar a segurança que o atual trabalho nos traz em razão de algo novo, de se consolidar mais uma vez em uma empresa diferente. Essa resposta somente nós mesmos temos, basta ser um pouco racional, ponderando vantagens, desvantagens e não tomar nenhuma atitude precipitada demais.

            Um prenúncio de mudança surge quando estamos com alguém e temos  convicção de que é com esse alguém que queremos compartilhar tudo, é chegada a hora do “eu te amo, então vamos casar”, mas sabemos que nossa vida mudará bastante com isso, teremos muito mais responsabilidades e deveres um com o outro e essa união vem cheia de acordos, concessões e mudanças de hábito, pois não é possível levar uma vida de solteiro estando casado, além do mais deixaremos o convívio diário com nossos familiares para formarmos nossa própria família. Não é incomum pensarmos se realmente vai dar certo, que talvez ainda não seja o momento certo para firmar essa união. Acreditemos e embarquemos nessa nova vida seguros do que estamos fazendo, de que tudo vai dar certo sim, esqueçamos os “se”, os “talvez” e caminhemos com passos cada vez mais firmes rumo a essa nova etapa.

            Outra questão que nos aflige é quando, por algum motivo, seja pela violência que nos cerca, pelo caos urbano ou pela simples busca de novas oportunidades nos vemos compelidos a mudar de cidade, deixando para trás emprego, família, amigos e todo um estilo de vida com o qual já estávamos habituados. Sentimos medo, medo de não nos adaptarmos, de começar tudo do zero, de fracassarmos e ter de voltar precisando de amparo. É, meus amigos! Não tem jeito, a vida é feita de escolhas, algumas trazem sucesso, satisfação pessoal, em outras nos frustramos, mas não tenhamos tantos receios, errar é permitido, seja como for sempre há tempo para recomeçar, tentar voltar com as coisas para o exato lugar onde estavam ou fazer tudo diferente e obtermos um resultado talvez até melhor, o importante é dar o primeiro passo para conseguirmos a mudança que almejamos em nossa vida.

            Mudanças geram medo, insegurança, desconforto, dúvida. Certos de que devemos inserir mais ousadia em nossa vida, buscando um futuro mais próspero, ainda assim somos rodeados por incertezas. Sabemos que para concretizar algo, 95 % é planejamento e 5 % é intuição, então tracemos nossas metas, organizemo-nos, e na dúvida, percorramos o caminho indicado pelo coração.

 

 

Daniel A. S.

 



Escrito por Daniel A. S. às 10h51
[] [envie esta mensagem] []


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 

HISTÓRICO



OUTROS SITES
 Visão contraria
 Prosopopeiando
 Avestruz Albino


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!